Três filmes que retratam a luta das mulheres por igualdade de direitos

Para celebrar o dia 8 de março, como Dia Internacional da Mulher, selecionamos três filmes com enredos da história e da memória das lutas por igualdade de direitos das mulheres. Confira:

Revolução em Dagenham (2010): No auge da produção fordista, as mulheres que trabalham em uma fábrica em condições precárias decidem se unir e reivindicar igualdade salarial e melhorias no ambiente de trabalho.

Essa longa metragem é atemporal, já que expressa a luta das mulheres pela igualdade de gênero, ainda extremamente necessária.

Terra Fria (2005): Quando uma mãe solteira retorna à sua cidade natal, recorre a principal fonte de empregos da região: as minas de ferro. Todavia, sendo uma das poucas mulheres da mina, ela retrata a real luta das mulheres que trabalham em um meio ambiente predominantemente masculino.

Após sofrerem abusos psicológicos e sexuais, por parte dos outros empregados e de seu empregador, decidem entrar em uma disputa judicial.

Histórias Cruzadas (2011): Nos Estados Unidos dos anos 60, fortemente marcado pelo racismo, uma garota da sociedade decide escrever sobre a rotina das empregadas negras, que criavam os filhos da elite branca.

O filme retrata a marginalização das mulheres negras que deixam a criação de seus próprios filhos para se sujeitarem aos absurdos da mentalidade elitista de seus empregadores.

Fechar Menu