Sidnei Machado

Aposentado agora tem de abrir conta em banco

Aposentado agora tem de abrir conta em banco    

          Aqueles que recebem mais do que R$ 720 do INSS precisarão de uma conta corrente até o fim deste ano. Os que não se enquadrarem, ficarão sem o dinheiro. Quem escolhe o banco é o beneficiário.

         Até 31 de dezembro deste ano, todos os aposentados e pensionistas do INSS que recebem mais de R$ 720 serão obrigados a abrir uma conta corrente para receber seus benefícios. Esta exigência consta na Portaria nº837 do Ministério da Previdência Social, assinada pelo ministro Ricardo Berzoini.

         A portaria, que já está em vigor, estabelece que, a partir de janeiro, os aposentados que recebem mais de R$ 720 só poderão receber seu dinheiro exclusivamente por meio de depósito em conta. Hoje, a maior parte deles recebe o benefício usando um cartão, que permite o saque nos caixas automáticos e guichês da agência bancária que lhe faz o pagamento. Para quem recebe menos de R$ 720, a exigência da conta não existirá.

         O prazo dado para que o aposentado abra a conta termina em dezembro. Ele não é obrigado a abrir a conta corrente na instituição na qual recebe o benefício hoje: caberá a ele escolher o banco de sua preferência. Quem se aposentou após 30 de junho já vem recebendo a orientação, nos postos do INSS, da necessidade de abertura da conta.

         O aposentado que recebe hoje o benefício em um banco, mas tem conta corrente em outro, não precisará abrir nova conta. Basta indicar ao INSS onde já tem conta para nela receber o dinheiro.

         Para a Previdência, a medida facilitará a vida dos 1,5 milhão de beneficiários do INSS que estão nesta situação. O argumento é o de que eles são vítimas potenciais de assaltos quando recebem seus benefícios. Isso porque eles saem das agências bancárias com o dinheiro na mão, sempre no início do mês – o que acaba atraindo assaltantes.

         Os bancos também aprovam a idéia. Para a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), a abertura da conta corrente dará ao aposentado a vantagem de movimentar de forma mais simples seu dinheiro – além do benefício de poder contar com serviços vinculados às contas correntes, como uso de talões de cheque, por exemplo.

FONTE: Jornal da Tarde

Rua Brasilino Moura, 434, Ahú, Curitiba, PR
+55 (41) 3353-6906
adv@machadoadvogados.com.br